Associação dos Mecânicos de Vôo da Varig
Quarta-Feira, 17 de Janeiro de 2018
17/01/2018

Avançar >   Última >>

cgn.inf.br
17/01/2018

Infraero reajusta tarifas no Afonso Pena e mais 54 aeroportos

Viajar de avião pelo Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) ficará mais caro a partir de 15 de fevereiro. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou ontem o aumento de 4,5833% nas tarifas aeroportuárias dos terminais administrados pela Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), que administra 55 aeroportos brasileiros, entre eles o Afonso Pena.

Os valores recaem sobre as tarifas de embarque, conexão, pouso e permanência. Com o reajuste, a tarifa máxima de embarque doméstico a ser paga pelos passageiros passará de R$ 29,90 para R$ 31,27. Já a tarifa máxima de embarque internacional de R$ 115,64 para R$ 118,06. A agência autorizou ainda o reajuste nos tetos das tarifas de armazenagem e capatazia de cargas de 2,94%. Os novos valores passarão a valer em 30 dias.

A Anac também anunciou que passará, desde ontem, a divulgar o ranking com as manifestações dos usuários do transporte aéreo. Os dados, coletados a partir de janeiro de 2017 são apresentados por empresa aérea e podem ser consultados por meio da plataforma www.consumidor.gov.br. Segundo a agência, mais de 12 mil demandas de usuários do transporte aéreo foram respondidas em 2017.

Movimentação
O Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), encerrou 2017 com crescimento de 5,2% na movimentação de passageiros. Foram 6,7 milhões de embarques e desembarques - 336 mil a mais que no ano anterior.

O superintendente do terminal paranaense, Antônio Filipe Bergmann Barcellos, destaca que o início das operações com aeronaves de maior capacidade de passageiros e a maior frequência de voos durante a semana também foram fatores que contribuíram para este cenário.

Com capacidade para receber 14,8 milhões de usuários, o Afonso Pena opera diariamente cerca de 175 voos. São aproximadamente 18,5 mil passageiros diários. Seis companhias aéreas operam no terminal entre Curitiba e outros 16 destinos brasileiros, a Buenos Aires, na Argentina, e Assunção, no Paraguai.

 

 

www.cenariomt.com.br
17/01/2018

Fumaça a bordo, disse piloto de aeronave que fez pouso de emergência

O piloto da aeronave Azul 9277, que fez pouso de emergência no Aeroporto Pedro Otacílio Figueiredo, em Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia, disse ao controle de tráfego aéreo que havia fumaça a vordo. Segundo informa o G1, um áudio revela a conversa entre o piloto e o controlador. “Fumaça a bordo, estamos descendo em emergência, vamos pousar ao 04″.

Em seguida, o piloto recebe prioridade para o pouso e confirma a presença de fumaça no avião. “Positivo comandante. Reportando a informação de que a aeronave está com fumaça a bordo, vou entrar em contato com o CCO e MCC e passar a informação”.

O Corpo de Bombeiros disse que foi acionado, inicialmente, devido à presença de fumaça na aeronave. De acordo com o piloto, houve uma pane em um equipamento elétrico do avião.

O voo saiu de Confins (MG) com destino a Vitória da Conquista.

A Azul divulgou uma nota na qual diz que, por problemas técnicos, a aeronave pediu prioridade de pouso no aeroporto de Vitória da Conquista. A companhia também esclarece que o desembarque dos clientes ocorreu normalmente e que a aeronave passou por inspeção.

 

 


Avançar >   Última >>

Página Principal