Associação dos Mecânicos de Vôo da Varig
Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018
03/07/2010

<< Início   < Voltar  | |  Avançar >   Última >>

Revits Fator
03/07/2010

Boeing conclui a configuração firme do 787-9 Dreamliner

Everett, Washington – A Boeing [NYSE:BA] anunciou ontem que completou a configuração firme para o 787-9 Dreamliner. A Boeing chegou a essa etapa após anos de colaboração entre suas companhias aéreas clientes e parceiros para determinar a configuração ideal para a nova versão estendida do Dreamliner.

“Configuração firme significa que a estrutura da aeronave, a propulsão e as arquiteturas de sistemas estão definidas e não mudam”, diz Mark Jenks, vice-presidente de Desenvolvimento do 787-9, da Boeing Commercial Airplanes.

A Boeing completou os estudos de mercado necessários para finalizar a capacidade total do avião e seu projeto básico, permitindo à fabricante e aos seus fornecedores iniciar os projetos detalhados das peças, montagens e outros sistemas para o 787-9. Como os projetos detalhados estão concluídos e liberados, a produção pode começar. A entrega do primeiro 787-9 está prevista para o final de 2013.

“Nós temos um processo disciplinado para garantir que tenham completado todos os requisitos para esse estágio de desenvolvimento do programa”, informa Scott Fancher, vice-presidente e gerente geral do Programa 787, da Boeing Commercial Airplanes. “A equipe realizou um trabalho fantástico para passarmos por este marco importante”, conclui.

O 787-9 é o segundo membro da família 787. Uma versão ligeiramente maior do 787-8, a aeronave comportará de 250-290 passageiros, 16% mais que o 787-8. O 787-9 terá um alcance de 8.000 à 8.500 milhas náuticas (14.800 à 15.750 km).

“Temos trabalhado estreitamente com nossos clientes por muitos anos para chegar a este marco”, analisa Jenks. “Estamos muito animados com o desempenho e a capacidade que o avião vai oferecer aos nossos clientes”, explica.

O 787 Dreamliner é o novo avião todo de corredor duplo projetado para atender as necessidades das companhias aéreas de todo o mundo na prestação de serviços, sem escalas e conexões, entre cidades de médio porte com novos níveis de eficiência. A aeronave vai trazer melhores níveis de conforto aos passageiros com janelas mais amplas, maior compartimento de bagagem e avanços no ambiente da cabine, incluindo a simulação de altitude mais baixa, maior umidade e ar mais limpo. A entrega do primeiro 787 está prevista para o quarto trimestre de 2010.

 

 

24 Horas News
03/07/2010

Balão passa próximo a avião em SP

Um balão solto em São Paulo passou próximo de um avião, ameaçando a segurança do tráfego aéreo. O helicóptero da TV Globo flagrou quando o balão sobrevoava a Serra da Cantareira, Zona Norte da capital, que é rota das aeronaves que utilizam o aeroporto de Cumbica.

Neste fim de semana, em poucas horas de voo, foram registrados 30 flagrantes em São Paulo e no Rio de Janeiro. O clima seco, poucas nuvens, pouco vento são condições ideais para quem solta balão, considerado uma prática criminosa.

 

 

Folha de São Paulo
03/07/2010

Aeronáutica entrega peças do Legacy a dona do jato

Os principais equipamentos do Legacy envolvido no acidente com o Boeing da Gol, em 2006, foram entregues pela Aeronáutica à empresa norte-americana Excel Aire Service -dona do jato --sem autorização da Justiça.

Essa entrega, segundo o Ministério Público Federal, ocorreu de forma ilegal e pode prejudicar o andamento dos processos na Justiça porque praticamente inviabiliza novas perícias, informa Rogério Pagnan, em reportagem publicada na Folha deste sábado.

Os dois processos na área criminal, que buscam os culpados pelo acidente que deixou 154 mortos, estão na fase de produção de provas.

O material foi recuperado em maio passado pela Polícia Federal, em cumprimento à ordem da Justiça, depois de ficar cerca de sete meses em poder da ExcelAire.

A Aeronáutica informou, por meio de notas, que a devolução dos equipamentos aos proprietários do Legacy ocorreu dentro dos padrões internacionais adotados pelo Cenipa (órgão da Aeronáutica) e, por isso, não houve nenhuma irregularidade.

 

 


<< Início   < Voltar  | |  Avançar >   Última >>

Página Principal