RIO DE JANEIRO - 24 DE AGOSTO DE 2008

O Globo
24/08/2008

 

 

Estadão
24/08/2008 - 15:27h

Avião cai no Quirguistão; pelo menos 65 morrem
Boeing 737 levava 90 pessoas com destino ao Irã; aeronave caiu 10 minutos após decolagem

MOSCOU - Um Boeing 737 com pelo menos 90 pessoas caiu neste domingo, 24, perto do aeroporto internacional de Manas, nos arredores da capital do Quirguistão, Bishkek. Há contradições sobre o número de vítimas. Inicialmente, a porta-voz do governo, Roza Daudova, disse que pelo menos 71 morreram, mas depois um conselheiro da Presidência e o Ministério da Saúde abaixaram o número de mortos para 65. Fontes do Ministério de Situações de Emergência informaram que durante a decolagem do Boeing houve um problema técnico. A falha foi percebida após 10 minutos de vôo e o piloto decidiu voltar ao aeroporto, mas, durante o retorno, o avião acabou caindo sobre um campo.

De acordo com a agência russa Interfax, a aeronave pertencia à companhia privada Itek-Air e fazia o trajeto de Bishkek à cidade de Mashhad, no Irã. Ao local do acidente foram enviadas "todas as 14 ambulâncias" que havia disponíveis na capital quirguiz, informaram fontes do Ministério da Saúde.

"Segundo informações preliminares, 20 das 90 pessoas a bordo sobreviveram", declarou o primeiro-ministro do Quirguistão, Igor Chudinov. "O piloto sobreviveu, mas é difícil de falar com ele agora", continuou. Ele afirmou ainda que entre os sobreviventes estão os sete tripulantes do avião e acrescentou que, segundo dados preliminares, a catástrofe ocorreu devido a uma despressurização no interior da aeronave. Entre os mortos há um time de basquete, formado por 17 adolescentes.

O chefe do governo quirguiz explicou que nada indica que tenha ocorrido uma explosão, e que o avião, fabricado em 1979, estava em boas condições técnicas, pois tinha prolongado o prazo de vida útil e passou por uma revisão completa há um mês.

Pelo menos 18 das vítimas resgatadas do avião em chamas foram hospitalizadas. Algumas estavam em estado grave, informou a porta-voz do Ministério da Saúde, Yelena Bayalinova, à agência Associated Press.

O major Damian Pickart, do escritório de Relações Públicas da base aérea dos Estados Unidos em Manas, declarou que foram enviadas ambulâncias americanas ao local do acidente, além de equipamentos para ajudar no controle do incêndio.

A Itek Air foi proibida de operar no espaço aéreo da União Européia (UE) por não atender as normas de aviação civil, de acordo com uma lista publicada nos Estados Unidos em julho. O Quirguistão é um pais pobre e montanhoso da Ásia central. A base americana na ex-república soviética apóia as operações no Afeganistão.

 

 

Estadão
24/08/2008 - 11:56h

Problema técnico obriga avião da Spanair a interromper vôo
Funcionária, que não deu mais detalhes sobre o problema, disse que o aparelho conseguiu pousar normalmente

MADRI - Um avião da companhia aérea Spanair que fazia a rota entre Barcelona e Lanzarote, nas ilhas Canárias, aterrissou hoje em Málaga, no sul da Espanha, após a detecção de um problema técnico, informou à Agência Efe uma porta-voz da empresa, proprietária da aeronave que explodiu quarta-feira em Madri.

A funcionária, que não quis dar mais detalhes sobre o problema técnico, disse que o aparelho conseguiu pousar normalmente. Depois de aterrissar, o avião não prosseguiu viagem, e os 141 passageiros que estavam a bordo dele foram hospedados em um hotel de Málaga, onde aguardarão a reprogramação do vôo, destacou a porta-voz.

O avião decolou do Aeroporto de Barcelona às 8h (3h de Brasília) e, após aterrissar em Lanzarote, viajaria com destino a Bilbao, no norte da Espanha, acrescentou a fonte.

 

 

O Estado de São Paulo
24/08/2008

Asa do avião inclinou-se antes do acidente

Uma mulher que sobreviveu ao acidente aéreo no Aeroporto de Barajas, em Madri, na quarta-feira, afirmou que uma das asas da aeronave MD-82 da Spanair inclinou-se bruscamente em direção ao solo antes de o avião começar a vibrar e cair. Além de Ligia Palomino Riveros, de 42 anos, e seu marido, outras 17 pessoas sobreviveram ao acidente, que matou 153.

ACESSE OS SITES DAS ASSOCIAÇÕES E FIQUE BEM INFORMADO
www.amvvar.org.br - www.acvar.com.br - www.apvar.org.br