Associação dos Mecânicos de Vôo da Varig
Segunda-Feira, 20 de Agosto de 2018
03/05/2010

<< Início   < Voltar  | |  Avançar >   Última >>

Site Olhar Direto
03/05/2010

Fusões de companhias aéreas, uma tendência em tempos de crise

A fusão entre as companhias aéreas americanas United Airlines e Continental criará o maior grupo do mundo no setor, em uma operação avaliada em mais de US$ 3 bilhões, seguindo a tendência de fusão das companhias aéreas nas últimas décadas.

A seguir, a cronologia das principais uniões entre companhias aéreas desde 1988:

- 1988: A British Airways absorve a British Caledonian.

- 1990: A espanhola Iberia adquire 85% da Aerolíneas Argentinas.

- 1991: Viasa e Iberia assinam contrato de venda da companhia aérea venezuelana ao consórcio formado pela espanhola e pelo Banco Provincial, primeiro grupo financeiro venezuelano.

- 1992: Canadian Airlines International e Air Canada se unem para emprestar serviços unificados.

- 1996: Aerocontinente e Faucett se fundem no Peru.

- Aprova-se a fusão da Lan Chile e da Ladeco.

- 2000: A Air New Zealand absorve a Ansett Holding, a companhia aérea dos Jogos Olímpicos de Sydney.

- Maio 2000: United Airlines anuncia a compra da US Airways, mas um ano depois ambas abandonam o projeto.

- Janeiro 2001: A American Airlines adquire Trans World Airlines (TWA).

- Novembro 2001: Japan Airlines (JAL) e Japan Air System (JAS) anunciam sua fusão e criam a sexta companhia aérea do mundo.

- Outubro 2002: O Governo chinês anuncia a fusão das nove companhias aéreas estatais em três grandes corporações - Air China (Pequim), China Eastern Airlines (Xangai) e China Southern Airlines (Guangzou).

- Fevereiro 2003: No Brasil, Varig e TAM anunciam sua fusão.

- Setembro 2003: A francesa Air France e a holandesa KLM anunciam sua fusão, criando a maior companhia aérea europeia.

- Março 2005: A alemã Lufthansa e a suíça Swiss fecham um acordo de aquisição para criar a AirTrust.

- Abril 2005: US Airways e American West anunciam um acordo de fusão, criando a sexta maior companhia do setor nos Estados Unidos.

- Junho 2006: Autoriza-se na Alemanha a fusão da companhia aérea de baixo custo Air Berlin e DBA.

- Junho 2007: Fundem-se Portugalia (PGA) com a estatal Transportes Aéreos de Portugal (TAP).

- Setembro 2007: Kingfisher e Air Deccan se unem para criar a maior companhia privada da Índia.

- Outubro 2008: A americana Delta adquire a Northwest por US$ 2,8 bilhões.

- Julho 2008: Vueling e Clickair aprovam a criação da maior empresa aérea de baixo custo na Espanha, tendo a Iberia como sócio industrial de referência.

- No Brasil, a Gol anuncia sua fusão com a Varig.

- Maio 2009: A Comissão Europeia autoriza à alemã Lufthansa a tomar o controle da britânica British Midland (BMI).

- Setembro 2009: A Lufthansa fecha a compra da Austrian Airlines (AUA) e se transforma na primeira companhia aérea europeia.

- Outubro 2009: A equatoriana Aerogal se funde com a colombiana Avianca.

- Dezembro 2009: Aprovada a fusão das estatais China Eastern, a terceira maior chinesa, e Xangai Airlines.

- 8 abril 2010: Iberia e British Airways assinam contrato definitivo para fusão.

- 3 maio 2010: United Airlines e Continental anunciam fusão. EFE

 

 


<< Início   < Voltar  | |  Avançar >   Última >>

Página Principal